Capacifar Araguari - 4º Módulo

No sábado, dia 19 de Março, aconteceu o 4º módulo do Capacifar Farmácia Comunitária (Dispensação), no Auditório da UNIPAC - Campus IX – Araguari. 


O palestrante foi o Farmacêutico Anderson Ferreira Brandão, que ministrou a aula "PGRSS e Risco Biológico". Neste módulo contamos com a presença da Conselheira do CRF-MG, Farmacêutica Júnia Célia de Medeiros, a qual fez uma breve apresentação do CRF-MG e os objetivos alcançados pelo Capacifar.


O Farmacêutico Anderson, agradeceu a presença da Conselheira e inciou a sua palestra com os Resíduos de Serviços de Saúde.

Resíduos de Serviços de Saúde, por definição, são todos aqueles resultantes de atividades exercidas por estabelecimento gerador que, por suas características, necessitam de processos diferenciados em seu manejo, exigindo ou não tratamento prévio à sua disposição final.


Os resíduos de serviços de saúde são partes importantes do total de resíduos sólidos urbanos, não necessariamente pela quantidade gerada (cerca de 1% a 3% do total), mas pelo potencial de risco que representam à saúde e ao meio ambiente.



O gerenciamento dos RSS constitui-se em um conjunto de procedimentos de gestão, planejados e implementados a partir de bases científicas e técnicas, normativas e legais, com o objetivo de minimizar a produção de resíduos e proporcionar aos resíduos gerados, um encaminhamento seguro, de forma eficiente visando à proteção dos trabalhadores, a preservação da saúde pública, dos recursos naturais e do meio ambiente. 


As doações feitas pelos participantes (Kit de Higiêne Bucal) foram destinadas à Associação do Câncer de Uberlândia (http://www.associacaodocancer.org.br/). A psicanalísta da Associação do Câncer, Dra. Rosângela esteve presente para receber as doações e reafirmou que as mesmas serão repassadas aos atendidos portadores de câncer, na cidade de Uberlândia, Araguari e cidades vizinhas. 


O PGRSS um conjunto de procedimentos de gestão que visam o correto gerenciamento dos resíduos produzidos no estabelecimento. 


Esses procedimentos devem ser, planejados e implementados a partir de bases científicas e técnicas, normativas e legais, com o objetivo de minimizar a produção de resíduos e proporcionar aos resíduos gerados, um encaminhamento seguro, de forma eficiente, visando à proteção dos trabalhadores, a preservação da saúde pública, dos recursos naturais e do meio ambiente.




O PGRSS é um plano para gerenciar os resíduos provenientes dos serviços de saúde, seguindo, rigorosamente as legislações ANVISA RDC 306 e CONAMA 358.   O PGRSS gerenciamento deve abranger todas as etapas de planejamento dos recursos físicos, dos recursos materiais e da capacitação dos recursos humanos envolvidos no manejo dos RSS.

Postagens populares